Diospiros

Hoje comi o meu primeiro diospiro deste ano... e que bem que me soube! ;)

Muita gente me pergunta se pode comer diospiros ou não e a minha resposta como em tudo é: claro que sim! Mas os diospiros, como tudo, devem ser comidos com moderação. São frutas e como tal podem e devem ser consumidos, mas nunca mais de que 1 diospiro seguido... Sei que é uma fruta sazonal e que se estraga rapidamente, mas não caia na tendência de os comer todos seguidos! Esta é uma fruta um pouco mais rica em açúcar do que a maioria das frutas e que tem o inconveniente de ser maior e mais pesada, pelo que para ter uma ideia 1 diospiro pode corresponder, a nível calórico, a 1,5 a 2 maçãs pequenas...

Nutricionalmente, esta é uma fruta muito rica em potássio, importante no controlo da tensão arterial, no equilíbrio de fluidos corporais e na contra
ção muscular, mas é desaconselhado no caso de insuficiência renal, já que aqui a ingestão de potássio deve ser restrita. É também muito rica em carotenos, que no nosso organismo são transformados em vitamina A, importante por exemplo para uma boa visão e para uma pele saudável. Este é um fruto ainda mais saudável, pois devido à sua sazonalidade normalmente s\ao mais ricos em vitaminas... e muitas vezes são até caseirinhos ou biológicos, ainda melhores!

Assim, pode comer 1 diospiro por dia sem estragar a linha... e aproveite-os bem, enquanto há!

Se tem muitos diospiros e não quer que se estraguem, aqui vai uma sugestão: faça compota de diospiro:
Retire o interior do diospiro e coloque a ferver numa panela com casca de limão e canela, sem açúcar... fica uma maravilha! Se quiser deixar ferver algum tempo, vá acrescentando um pouco de água. No final retire a casca de limão e, se preferir uma compota mais homogénea, pode passar com a varinha. Assim pode comer 1 colher de chá de compota todos os dias. Como não tem açúcar, esta compota estraga-se mais facilente, em poucos dias, por isso faça pouca quantidade ou congele a maior parte e vai descongelando à medida que for gastando a compota.

Etiquetas: ,